Visto para a Guiné-Bissau; Como e onde fazer o visto em Lisboa, Portugal

28

Informação relativa ao final de 2006

Preço/Local: 60€ / Necessária obtenção prévia em Portugal

Para entrar na Guiné-Bissau é necessário obter visto em Portugal.

Para isso deve dirigir-se à embaixada deste país, na rua de Alcolena, 17A, Restelo, Lisboa (38º42′02,46”N ; 9º12′42.74”W). O preço a pagar é de 60€. O passaporte é entregue, juntamente com um impresso de pedido de visto que é disponibilizada pela embaixada ou pode levar já preenchido e assinado pelo portador do passaporte, acompanhado de fotografia. Um ou dois dias depois pode-se levantar o passaporte, já com o visto, mediante a apresentação dum recibo que nos é dado aquando da entrega do passaporte. Nesse momento, o passaporte terá mais uma pagina completamente preenchida por um vistoso visto.

À chegada à Guiné paga-se mais 3000CFA(4,6€) por um pequeno carimbo de entrada.

28 COMENTÁRIOS

  1. Caso alguem tenha sido contatado pela CAP Energy ou ja esteja trabalhando lá, por favor, enviar informacoes detalhadas sobre as atividades dessa empresa na Guine Bissau

    • Olá Vanderlei. Assim como ocorreu comigo enviei diversas vezes e-mails pedindo mais esclarecimentos e não obtive nenhum retorno. Nenhum dos e-mails foram mais respondidos. Daí penso que se fosse realmente de interesse Da CAP Energy eles ao menos responderiam. Tudo isso. em mais de 60 dias em trâmites. Tudo leva a crer que é um Fake Job.

      • Valeu pelo retorno Jose Roberto. Eu tive varios contatos com eles, recebi diversos e-mails. So parei por causa de um deposito de USD 10,000 e uma exigencia de Certificado de Saude. Achei estranho e estou consultando o Consulado e a Embaixada sobre os niveis de exigencia. Eu tenho alguns emails, podemos comparar os enderecos?

        • OK Vanderlei. Já entrei em contato com o consulado no Itamaraty e lá eles não irão fornecer nenhuma informação adicional a você. Eles apenas emitem o visto que custa cerca de R$ 350,00. Quanto a procedência, apoio ou informação adicional, eles informam que “nós” temos que procurar a veracidade das informações. Lamentável.
          Os e-mails foram:

          info@capenergyplc.com
          capenergyoilandgas@engineer.com

          Até agora mais de 12 e-mail enviados e nenhum retorno quanto também questionei a valores a serem depositados numa conta do Banco Inglês West Union.

          Sempre os e-mail em nome do Eng. Antônio Dias.

          A que cargo te encaminharam proposta de emprego?
          Quais foram os e-mails direcionados a você?
          Alguém te ligou?

        • Jose Roberto, recebi uma ligacao hoje do meu contato na CAP Energy – eng.° Antonio Dasilva Mendes, que insiste em saber se eu ja cumpri com os novos requisitos do Ministerio do Interior para que autorizasse o despacho de meus documentos de viagem aprovados, segundo ele. Como eu disse, freei quando vi a exigencia de um deposito de USD 10,000 para conseguir o Health and Quarentine Certificate. Por isso estou trocando ideias com voce e outros colegas para saber se estamos definitivamente diante de um golpe ou se eles tem criterios diferentes para cada candidato.
          Por favor, avaliar e manteremos contato.
          O email que recebi é o mesmo que voce indicou em sua mensagem: capenergyoilandgas@engineer.com. Respondi ao engenheiro que nao tenho como conseguir esse dinheiro, para ver o que ele vai me responder.

        • Ok. Vanderlei. Como havia mencionado a você ninguém me retornou mais, a partir do momento que também questionei os valores. Vamos mantendo contato. Para facilitar a comunicação se possível me envia.seu número de telefone para meu e-mail pessoal jrarj23@gmail.com para que eu possa adicionar você aos meus contatos do whatzap e possamos conversar melhor. Até mais.

  2. Senhores,
    Estou passando pelo mesmo problema.. Estou com receio de golpe
    Um empresa chamada CAP Energy Oil &Gas , me contactou e fiz um processo seletivo on line e me disseram que estava aprovado para trabalhar em Guiné Bissau..
    O Problema é em relação ao pagamento que pedem para liberar o Visto USD 400,00 .. Um pouco estranho, pois o consulado de Guiné-Bissau no Brasil cobra pelo visto R$427,00 .. E Ai??? Golpe???

    • Pessoal meu caso é parecido com os anteriores. Fui aprovado para trabalhar na CAP Oil Energy, já me mandaram toda a documentação. Essa empresa, benefícios e boa estrutura como descrevemm é real. Se sim como faço para conseguir o visto?

    • Cleverson, bom dia. Estou na mesma situacao e gostaria de saber o site onde voce conseguiu os requisitos para emissao do Visto para a Guine-Bissau. Esta muito complicado o processo e estou temeroso de que tenha sido uma furada esse processo. Fico no aguardo de sua informacao.

  3. Boa tarde, tenho estado a tratar de um visto de trabalho para a Guiné Bissau com base num contrato de trabalho com uma empresa chamada Sitec Energy Oil And Gas Pipeline Construction, inc cujo contacto é um Dr. Fernando Gomes e outro a quem fiz os pagamentos para a obtenção do visto ( 3590 USD ) enviados via Western Union que se chama Mohamed Bah. Como até agora não recebi mais resposta, presumo que tudo isto se trate de uma fraude, embora receba mails do suposto gabinete de Imigração da Guiná Bissau e da empresa citada.
    Quero pedir a Vossa ajuda para certificar me de que o processo é legal e o meu pedido de visto está de facto a ser tratado e que a empresa de facto existe.
    Aguardo o vosso contacto,
    Melhores cumprimentos
    AP

    • bom dia Ana Paula, recebi um e-mail dessa empresa também, até passei alguns dados, mas no envio do questionário, passei a suspeitar que pudesse ser uma fraude e comecei a investigar até chegar aqui. A senhora conseguiu algum retorno? constatou que possa ser uma fraude?

      • meu caso é parecido com os anteriores. Fui aprovado para trabalhar na CAP Oil Energy, já me mandaram toda a documentação. Essa empresa, benefícios e boa estrutura como descrevemm é real. Se sim como faço para conseguir o visto?

    • Ana e Eduardo, Essa história parece-me um pouco estranha. Depois partilhem aqui o desfecho, especialmente se for fraude.
      Cumps
      Samuel

      • Meu caso é parecido com os anteriores. Fui aprovado para trabalhar na CAP Oil Energy, já me mandaram toda a documentação. Essa empresa, benefícios e boa estrutura como descrevemm é real. Se sim como faço para conseguir o visto?

        • Jose Roberto, eu recebi o Certificate of Employment e a Letter of Agreement da CAP Energy. Depois disso comecaram os processos para obtencao do visto. So estranhei que reentemente me enviaram um email pedindo um deposito de USD 10.000 para liberacao de um Certificado de Saude. Ai eu parei. Preciso tambem de outras informacoes.

        • Jose Roberto, bom dia. Voce conseguiu averiguar essa questao da estrutura do acampamento e da empresa, bem como os beneficios? Foi pesquisando no site ou recebu alguma infiormacao adicional?

  4. Olá gostaria de saber em certo para visto de turista quais são os documentos necessários. Principalmente sobre a carta convite ou declaração que me informaram. Que tipo de declaração seria essa e se tendo a mesma preciso da carta convite?
    Desde já aguardo a resposta.

  5. Boa noite! Eu gostaria de saber se há algum protocolo entre Brasil e Guine Bissau ao qual rege que não necessite de visto o brasileiro que pretenda entrar em Guine, e se eu, como brasileiro residente em Portugal, necessito de visto para entrar em Guine. Obrigado!

  6. Prezados senhores:
    Sou brasileiro e gostaria de trabalhar como voluntário na Guiné-Bissau por um período de 5 anos como professor de classes iniciais (crianças entre 5 e 6 anos de idade).
    Preciso visto de entrada ou autorização especial para este tipo de trabalho voluntário?
    Aguardo retorno por e-mail no seguinte endereço:

    alceu_ijui@hotmail.com

    Meu nome completo é: ALCEU LIMA DOS SANTOS

    Obrigado pela vossa atenção.

  7. António:
    Quanto aos visto para a Guiné, a não ser que tenha havido alguma alteração (de certeza que não houve…), tem de se levar o visto de Portugal. É normal que a embaixada da Guiné não diga nada… à 2 anos eles nem telefone tinham por não pagarem a conta… E ainda que respondam, vão dizer que tem de levar visto de Portugal. Afinal são mais 60€ que entram. 🙂

  8. Este ano estive na fronteira da Casamansa (Senegal) com a Guiné-Bissau. Passei para além de Cabo Roxo de bicicleta já que não possuia documentação para passar na fronteira. Gostava me informasse se não será possível obter o visto ao pé de Zinguichor como acontece para a Mauritânia e para a Gâmbia (Senegal não exige).
    Penso lá ir no início de 2009 mas a Embaixada de Lisboa nem me responde.

  9. Maria,
    Penso que se for como voluntária, o visto é gratuito, o que não dispensa no entanto que o tire em Portugal antes da partida. Como pode ver no impresso, há um visto para missão de serviço. Quando fui com os escuteiros, soubemos depois que se tivesse-mos qualquer coisa que nos identificasse como indo em serviço, o visto era gratuito.
    O ideal será informar-se junto da organização com que vai trabalhar, e/ou na embaixada em Lisboa, pessoalmente ou pelo nº: 213009080.

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.