Pirâmides de Gize, Património UNESCO no Egipto

3

Planalto de Gizé, Cairo, EgiptoFicamos instalados no Lialy Hotel, na praça Talaat Harb, bem no centro do Cairo, a 5 minutos a pé do Museu Egípcio.

Acordámos, tomamos o pequeno almoço e partimos com destino ao planalto de Gize.  Tentámos ir de autocarro junto ao museu do Egípcio,  mas não fomos bem sucedidos na interpretação dos números árabes e deixa-mo-lo passar.

De táxi para as pirâmides

Decidimos então ir de táxi, e para nosso espanto o segundo taxista que parou propôs logo levar-nos por 20EL tal como dizia no Lonely Planet. A manhã foi passada no planalto de Gize onde podemos tirar muitas fotos e andar a camelo e cavalo. Por vontade do resto do grupo, acabei por ceder e alinhar numa volta a camelo e cavalo, animais que nunca tinha montado. Uma experiência nova e compensadora, embora demasiado turística para mim. Só fiquei com pena de não ter vivido noutro século, antes da chegada dos turistas, quando era possível subir ao topo das pirâmides.

No fim do nosso passeio a camelo e cavalo (metade em cada um) tivemos um pequeno conflito com o “guia” que nos acompanhou: queria mais dinheiro pois só tínhamos pago os animais, não o guia. Conforme o meu principio, não paguei mais nada. Os outros ainda deram mais qualquer coisa, mas eu, não tendo requisitado guia nenhum (até que este guia apenas conduzia os animais e aproveitava-se de nós para lhe pagarmos umas bebidas) não lhe dei nada.

A caminho da esfinge tiramos todo o tipo de fotos, das mais geniais às mais ridículas. Os asiáticos têm mesmo o gosto pela tecnologia e fotografia entranhado, e acabam por o pegar a quem anda com eles. Depois de regressarmos ao hotel, desta vez de autocarro, para almoçar lá perto e descansar um pouco (ou na verdade muito. Estava a ver que os meu colegas nunca mais queriam sair) e depois caminhar pela confusão da cidade até à zona Islâmica do Cairo.

Fotografias das Pirâmides de Gize

3 COMENTÁRIOS

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.