Palácio da Música catalã e Hospital de Sant Pau, Barcelona

5

Embora Gaudí seja o nome mais sonante do modernismo catalão, este estilo arquitectónico muito presente na cidade de Barcelona, não se resuma às obras deste arquitecto.

Lluís Domènech i Montaner, contemporâneo de Gaudí, realizou uma obra igualmente notável e injustamente não tão reconhecida como a do seu colega contemporâneo.

As suas duas obras maiores são o Palácio da Música Catalã e o Hospital de Santa Cruz em São Paulo em Barcelona, ambos inscritos na lista de património da humanidade pela UNESCO em 1997.

Palácio da Música Catalã (Palau de la Música Catalana)

Palácio da música Catalã, Barcelona
Palácio da música Catalã, Barcelona

Localizado bem no centro do bairro gótico esta sala de espectáculos é uma obra de arte de beleza ímpar. Se é verdade que quanto à sua fachada pode não ser unânime a opinião dos visitantes (eu pessoalmente não a acho muito bonita,talvez por estar numa rua tão apertada), quando entramos a realidade é outra.

Aproveitando o pouco espaço disponível o arquitecto aproveitou ao máximo todos os espaços para sentar os espectadores, num ambiente que nos faz esquecer que estamos no meio da cidade e nos transporta para a natureza.

O maior destaque vai para o tecto da sala, com o seu enorme vitral tridimensional que faz parecer que temos o próprio Sol a iluminar o interior.

Visitar o Palau

A visitas ao Palau são guiadas e decorrem a cada 30 minutos nos seguintes horários:

  • Todos os dias: das 10h00 às 15h30
  • Semana Santa e Julho: das 10h00 às 18h00
  • Agosto: das 9h00 às 20h00

O preço dos bilhetes é de 18€

Em épocas de maior afluência podem esgotar, pelo que se poder, recomendo que compre previamente no site: http://www.palaumusica.cat/

O espaço continua a funcionar como casa de espectáculos, pelo que assistir a um concerto pode ser uma boa alternativa à visita guiada.

Hospital da Santa Cruz e São Paulo (Hospital de la Santa Creu i Sant Pau)

Hospital da Santa Cruz e São Paulo, Barcelona
Hospital da Santa Cruz e São Paulo, Barcelona

Se ainda se encontra-se em funcionamento era caso para dizer: se houver de ficar doente em viagem, que seja em Barcelona!

O hospital da Santa Cruz constitui o maior complexo de edifícios modernistas do mundo e surge como uma cidade dentro da cidade. O projecto inicial de Lluís Domènech previa a construção de 48 edifícios, mas acabaram por ser construídos apenas 27 dos quais 16 são modernistas e 12 fazem parte da área classificada pela UNESCO.

Assim que se passa o imponente edifício administrativa, com uma vista privilegiada para a Basílica da Sagrada família, entramos num recinto que parece saído dum conto de fadas, com os vários edifício simétricos, de cores vivas e formas inspiradas na natureza.

A ideia do arquitecto era ter grandes espaços de jardim para os doentes tomarem ar puro, uma sala envidraçada em cada pavilhão para apanharem sol e vários edifícios ligados por túneis, de modo a dificultar o contágio das várias doenças. Esta solução fez-me lembrar o hospital da Ilha de Moçambique, que embora no estado de conservação completamente diferente, também ele é composto de vários edifícios. Não sendo eu médico, parece-me que com esta separação de doentes e o com contacto com a natureza, se poupariam muitos medicamentos…

O hospital desempenhou a sua função até 2009, altura em que foi transferido para um novo edifício. Actualmente ainda decorrem obras de restauro.

Visitar o hospital

As visitas ao hospital podem ser livres ou guiadas. Aqui não me pareceu haver tanta afluência como no Palau da Musica, mas ainda assim pode comprar os bilhetes online em: http://www.santpaubarcelona.org/

O preço das visitas é:

  • Visita livre: 8€
  • Visita guiada: 14€

Mapa dos locais

Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

5 COMENTÁRIOS

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!