Mina de sal de Wieliczka; Património da Humaniadade na Polónia

1

Não há visita completa a Cracóvia sem um saltinho às minas de sal de Wieliczka nos arredores da cidade. Hoje um dos locais mais visitados na Polónia, esta local foi inscrito no ano de 1978 na lista de património da humanidade da UNESCO ou seja, logo na segunda sessão do comité!  Pode-se por aí começar a imaginar o que está lá debaixo.

Capela de Sal no interior das minas de Wieliczka, Polónia

Muito mais que um local de extração de sal, o que tornou Wieliczka internacionalmente conhecida foi a arte e o engenho dos mineiros que durante séculos (a sua exploração começou no séc. XIII) souberam usar para suportar as enormes galerias escavadas e também para tornar o espaço onde passavam grande parte da sua vida mais agradável.

Visitar a mina

Preço do bilhete – 69Zl
Autorização para fotografar – 10Zl

Edifício das minas de Sal de Wieliczka, Cracóvia

A visita à mina é feita obrigatoriamente com um guia oficial, tudo incluído no preço do bilhete. Há grupos em várias línguas (não há em português) com espanhol (penso que 2 por dia) e em inglês a cada meia hora. Se quer tirar fotografias no interior, é obrigatório mesmo pagar a taxa e colar o autocolante que lhe dão no peito.

A visita inicia-se com a descida de uma escadaria em madeira com cerca de 60m de profundidade! Depois irá percorrer durante cerca de 1h cerca de 3,5km de galerias (menos de 1% de toda a mina!!!), mais escadas, salas, ver as ferramentas com que os mineiros trabalhavam, as esculturas que fizeram, as capelas, os elevadores, os lagos, etc.

Estátuas de trabalhadores nas minas de sal de Wieliczka , Polónia
Estrutura gigante de suporte nas minas de sal de Wieliczka , Polónia

No final da visita, ainda antes de subir, tem um restaurante e pode ainda optar por continuar a sua visita a outras partes da mina, pagando um bilhete extra. Se estiver ansioso por ver a luz do dia um elevador com 6 pisos que transporta 36 pessoas de cada vez, como sardinha enlatada, trá-lo-á de volta à superfície em poucos segundos.
Pessoas com mobilidade reduzida podem também visitar algumas partes da mina.

Onde dormir

Wieliczka tem ótimos hotéis, mas provevalmente será mais conveniente ficar em Cracóvia, que é bastente perto. Compare preços e condições de todos os hotéis em ambas as cidades aqui: Hoteis em Wieliczka; Hoteis em Cracóvia

Como chegar

Wieliczka fica nos arredores de Cracóvia e há uma linha de autocarros urbanos que faz o trajeto entre o centro da cidade e as minas.

O autocarro é o número 304 e parte numa rua mesmo em frente à estação de comboios central de Cracóvia aproximadamente a cada meia hora. Sendo esta mina de sal um dos locais mais visitados da Polónia, o autocarro está habitualmente sobre-lotado. Prepare-se para ir como sardinha enlatada.

O bilhete é comprado no interior do autocarro numa máquina de venda automática e custa 3,2Zl por trajecto.
Uma vez em Wieliczka o autocarro para mesmo ao pé das minas. Só tem subir pela estrada uns 30m.

Guardar

Guardar

Este artigo pode conter links afiliados.
Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

1 COMENTÁRIO

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.