Ilha de Akdamar, Lago Van, Turquia

6

Construída no século X, a igreja de Santa Cruz é tudo o que resta dum complexo de palácios, mosteiros e jardins mandados construir pelo rei Gagik na ilha de Akdamar e o principal motivo de atracção da ilha. O cenário é verdadeiramente paradisíaco, já que o lago se encontra numa região montanhosa em que os picos se encontram cobertos de neve a maior parte do ano e a água apresenta uma tonalidade muito bela.

Ilha de Akdamar, Lago Van, Turquia
A igreja de Santa Cruz na Ilha de Akdamar, Lago Van

A igreja arménia, restaurada em 2005-06, foi re-inaugurada em 2007, como museu. A entrada na ilha é agora paga: 3YTL, que são cobrados logo à saída do barco. Nas suas paredes exteriores apresenta baixos relevos de cenas bíblicas, sendo facilmente identificados Adão e Eva, David e Golias, Jonas a ser lançado ao mar e engolido pela Baleia, etc.  Algumas delas, talvez só os mais conhecedores da história bíblica conseguiram perceber. No interior podem ser vistos alguns frescos, que mesmo com a restauração não adquiriram grande esplendor.

Akdamar foi um dos locais mais bonitos que visitei na Turquia. Ficou-me no coração, especialmente por ter sido a primeira igreja de arquitectura arménia que vi e logo num local paradisíaco como este.

Como Chegar

Autocarro Van – Akdamar

Os barcos para a Ilha de Akdamar partem de um pequeno porto a cerca de 40km da cidade de Van. Para chegar a esse porto é necessário apanhar um minibus em Van. Estes partem duma pequena otogar perto do centro (ver mapa) a mesmo de onde chegam e partem os minibus para Dogubayazit. O preço é de 3,5YTL, e há partidas frequentes (ou pelo menos foi isso que me pareceu). Este minibus passa por Gevas, um vila a cerca de 7km do porto, e aí tem de se apanhar outro minibus por mais 1YTL.

Barco para a ilha

Os barcos para a ilha partem com um mínimo de 15 passageiros e o preço é de 5YTL i/v. Se não houverem passageiros suficientes, o preço será mais caro. Eu paguei 8YTL porque o barco não ia cheio. É suposto ficar apenas 1 hora na ilha, tempo mais que suficiente, mas pode sempre pedir para ficar mais tempo.

Barco para a ilha Akdamar, Turquia
Barco para a ilha Akdamar, Turquia

Viagem de regresso a Van

A viagem de regresso a Van pode ser a parte mais complicada. Quando regressa a terra firme, tem de conseguir fazer parar um minibus que venha no sentido Tatvan – Van. Eu estive lá uns 20 minutos, juntamente com um casal de namorados de lá, e não conseguimos que parasse nenhum pois normalmente vêm sempre cheios. A situação piora mais ao fim do dia. Felizmente tive muita sorte pois um grupo de padres que veio comigo no barco parou para almoçar num restaurante que há em frente e convidou-me depois para me juntar a eles, oferecendo-me almoço e boleia. Portanto, não será má ideia meter conversa com os outros passageiro do barco, especialmente os que têm carro e tentar uma boleia.

Fotografias da ilha de Akdamar

Onde dormir em Van

Ao contrário de outras cidades da Turquia, há poucos hotéis baratos. Quando visitei a cidade em 2010 fiquei no Otel Aslan, o mais barato segundo o Lonely Planet. Foi uma experiência que não recomendo a ninguém. Já fiquei em hotéis baratos, alguns até um pouco sujos e com poucas condições. O Aslan nem é assim tão mau em relação a isso, mas a simpatia, especialmente do gerente, deixa muito a desejar. Se não tem dinheiro para mais, vá por mim: acampe junto à ilha e tome banho no lago.

Se poder, fique num dos muitos outros hotéis que há em Van.  Sugio-lhe esta página para que possa planear a sua viagem, ver fotografias, comparar preços, etc: Hoteis em Van

Van, Turquia
Rua no centro de Van, Turquia

Mapa de Akdamar


Ver Ilha de Akdamar num mapa maior

Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

6 COMENTÁRIOS

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.