Hama, cidade das noras nas margens do rio Orontes, Síria

0

Hama foi a cidade mais agradável de visitar que encontrei na Síria. O rio Orontes que a atravessa e a constante presença de água transmite uma sensação de frescura muito boa para o calor que se faz sentir neste país no Verão.  Mesmo a calhar, o principal interesse da cidade é o rio e as noras que sobrevivem nas suas margens.

Foi ainda na escola primária que ouvi falar das nora, uma invenção árabe trazida, uma das inovações para a península Ibérica durante o domínio muçulmano. Foi também nessa altura que fui a Tomar onde nas margens do rio Nabão rodava talvez o melhor exemplo de nora que tinha em Portugal. Hoje ia ver esta tecnologia no seu auge.

As noras de Hama

Hama, SíriaAs noras de Hama elevam a água do rio Orontes até aquedutos que a distribuíam para a rega de campos de cultivo e para o abastecimento da cidade, que é habitada desde o século XI a.C. e sempre desempenhou um papel importante na região.

As primeiras noras foram construídas na época Bizantina e ainda hoje, depois da introdução dos motores eléctricos  e a diesel que as tornaram obsoletas, se mantêm dezassete e funcionar se bem que apenas com fins decorativos. Algumas destas que ainda rodam remontam ao período Ayubí, entre os séculos XII e XIII.

Esta nora da imagem, que se encontra num jardim da cidade permite-nos observar de perto a complexidade destas engenhocas!!

Um facto curioso é o som característico produzido pela rotação das noras que se ouve a grande distância já que o eixo destas não são propriamente rolamentos silenciosos mas sim madeira e metal assente em pedra.

Das noras existentes em Hama destacam-se duas:

Nora de Al-Mohammediyya, Hama, SíriaNora de Al Muhammadiyya

Construída no ano de 1361 é a maior de todas, com 21 metros de diâmetro e uma das maiores alguma vez construídas.  Permite elevar 95 litros de água por minuto.

É uma das que se localiza mais a jusante do rio, depois da citadela. Este local é muito frequentado por jovens locais que se refrescam no rio.

4 noras de Becheriyyat, Hama, SíriaAs quatro noras de Bechriyyat

É um dos conjuntos mais interessantes de noras, já que se trata não de uma mas de 4 noras a trabalhar em paralelo no meio do rio,  elevando a água para diferentes níveis.

Este conjunto de noras fica logo ao inicio do rio, a montante das cidade. Para chegar perto delas terá de entrar num dos restaurantes explanada que rodeiam toda a margem naquela zona.

Onde Dormir

Eu fiquei no Riad Hotel. Trata-se de um hostel básico, mas de grande qualidade. Tudo muito limpo e pessoal super atencioso. Paguei 350SP num quarto partilhado com 3 camas e 1 WC. Quando se viaja sozinho é bom ficar neste tipo de quarto pois conhecem-se outros viajantes. Na verdade, conheci aqui um rapaz que viria a encontrar mais duas vezes noutros locais na Síria. Se preferir um quarto individual o preço sobe para 500SP.

Se procura um hotel de qualidade em Hama, pode procurar encontrar nesta página os melhores hotéis em Hama. Este site é muito bom porque permite comparar preços, ver fotografias e comentários de milhares de hoteis em todo o mundo. Veja aqui: Procurar hotéis em Hama

Internet

É um pouco difícil encontrar locais de acesso à Internet em Hama. O Riad Hotel disponibiliza acesso aos seus hóspedes, mas só há um computador, e muito fraco. O melhor será ir a um dos cibercafés que se encontram na cava de um centro comercial nas traseiras do hotel, cortando à direita junto à torre do relógio. (ver mapa abaixo)

Como chegar

Os transportes em Hama estão centralizados em duas gares na zona sul da cidade, sendo uma dela para os mini autocarros e outra para os Pullman, autocarros para distancias maiores e que ligam Hama às outras grande cidades do país.

Damasco ou Aleppo para Hama

Citadela de Aleppo, SíriaDe Aleppo para Hama os autocarros partem da “Garage Ramoussa”. O Taxi do centro de Aleppo para Ramoussa custa 100SP e o bilhete de autocarro até Hama ficou-me por 125SP. Estes autocarros são de grande qualidade.

É necessário apresentar o passaporte no momento da compra do bilhete. Atenção que por vezes os autocarros saem antes da hora, por isso, depois de ter o bilhete espere na linha indicada.

Cidadela de Aleppo, Património da Humanidade >
De Damasco, os autocarros para os destinos no Norte da Síria partem da “Garage Harasta”.

Hama para Afamia

Ruinas romanas de Afamia, SíriaPara Afamia deve apanhar um Mini Autocarro. A  gare que lhe interessa é a primeira que apanha quando desce a rua Al Marabet a partir do centro, junto à rotunda. Aqui, apanhe um autocarro para Suqaylabiyah, por 35SP.

Em Suqaylabiyah, terá de apanhar outro mini-bus para os 6km restantes até Afamia, por 25SP.

Ruínas de Afamia, das mais impressionantes da Síria >

Fotografias das noras de Hama

Mapa de Hama


Ver Hama num mapa maior

Video das noras

Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!