Centro Histórico de Córdoba; Património UNESCO em Espanha

11

Quando no século VIII os árabes entraram na Andaluzia, iniciaram em Córdoba a construção duma cidade que rivalizasse com as grandes metrópoles do mundo árabe: Bagdad, Damasco, Constantinopla e Cairo.

Mesquita catedral de Córdoba, Espanha; Dezembro 2009Iniciaram assim a construção de uma infinidade de mesquitas e palácios. Entre estas mesquitas encontrava-se aquela que se viria a tornar numa referência em todo o mundo Islâmico da época. Inspirada na de Damasco, a mesquita sofreu sucessivas ampliações até se tornar a enorme floresta de colunas e arcos vermelhos e bejes que os cristãos encontraram em 1236 aquando da reconquista cristã do califado da Andaluzia, que até aí tinha dominado quase toda a Península Ibérica.

Mesquita catedral de Córdoba, Espanha; Dezembro 2009Uma parte desta obra prima, foi então destruída para dar lugar a uma catedral católica. Ouvi uma vez que um papa ou um bispo que veio depois das obras a Córdoba disse algo do género: “destruíste uma obra única no mundo para fazer aqui uma catedral como tantas outras”. Em parte teve razão, mas a mesquita-catedral de Córdoba é assim um edifico incomparável a qualquer outro no mundo, um exemplo da tolerância religiosa e da fusão de duas culturas diferentes.

Para além da Mesquita-Catedral, é também classificado pela UNESCO o centro histórico da cidade, incluindo a Sinagoga, o bairro da Judiaria, o Alcazar e a Ponte Romana.

Visitar a Córdoba

MESQUITA CORDOBA
Planta da Mesquita de Córdoba

O principal motivo de interesse é sem dúvida a Catedral-Mesquita. Se for de carro, estacione na margem Sul do Guadalquivir, e atrevesse a ponte romana, que dá acesso directo à Mesquita.

Compre o bilhete na esplanada da mesquita e entre. Prepara-se para andar pelo menos uma hora lá dentro. O recinto é enorme e de uma beleza imensa. São perfeitamente notórias as alterações feitas pelos cristãos, não só na igreja que está ao centro, como em redor, pelas enormes bases das colunas em pedra branca que suportam a nova estrutura.

Por muitos locais onde vá, este é um daqueles que nunca se esquece. É incrível ver ali, num único edifício, lado a lado a arquitectura árabe e europeia, numa harmonia perfeita.

 

Fotografias da Catedral

Rua das Flores, Córdoba, Andaluzia, Espanha; Dezembro 2009
Rua das Flores

Outros locais

Ainda que vá com pouco tempo, como eu fui, circule um pouco pelas ruas da judiaria e vá até à sinagoga. Temos assim as três grandes religiões monoteístas juntas numa só cidade.

Não pode perder a Rua das Flores, uma pequena rua muito típica de Córdoba, com os tradicionais vasos de flores pendurados nas paredes, e com vista para a torre da catedral.

Um dos postais de Córdoba. No beco onde esta rua termina há uma loja onde pode ver um poço árabe com 1200 anos e 22 metros de fundo.

Como chegar

A forma mais fácil de chegar a Córdoba para nós portugueses é de carro. Córdoba fica a cerca de 500km de Lisboa. Siga para Évora, Badajoz, Mérida e depois, em direcção a Sevilha, cortando antes para Córdoba. É uma boa opção para um fim de semana prolongado, em que pode aproveitar também para visitar Mérida e Sevilha.

Onde dormir

Hospedaria Mirador de Llerena, Espanha; Dezembro 2009Córdoba tem muita oferta de alojamento para todos os gostos. Eu preferi passar a noite um pouco mais longe da confusão da cidade e fiquei em Llerena, uma vila muito bonita a 150km da cidade, meio caminho entre Mérida e Córdoba.
Tem aí um hotel 4* muito bom e com bons preços: Hospedaria Mirador de Llerena.

Mapa de Córdoba


Ver cordoba num mapa maior

Video gravado sobre a ponte romana à entrada da cidade de Córdoba quando visitei a cidade em Dezembro de 2009. É visível a mesquita, a torre e o rio Guadalquivir bastante forte devido às chuvas intensas dos dias anteriores.

11 COMENTÁRIOS

  1. Minha avó nasceu em Cordoba, o nome dela é Manoela Moreno Masseno, gostaria de saber como faço para entrar no registro de cartório civil para que eu possa conseguir a dupla cidadania e saber se tenho parentes vivos ainda em Cordoba!

  2. Minha Avó nasceu em cordoba veio para o Brasil com 11 anos,gostaria de saber se ela tem algum parente ai ainda,nome dele ANA dOMINGUES ROJAS CASU-SE E FICOU COMO ANA DOMINGUES GONZALES,ESPERO ALGO,OBROGADA CONCEIÇÃO.

  3. Samuel
    Bom dia sou brasileiro, moro na cidade de Sorocaba, Estado de São Paulo, a familia da minha esposa esta iniciando junto a representação do consulado da espanha aqui em São Paulo, o processo para aquisição da dupla cidadania, mas não estão conseguindo localizar os documentos do avô deles, que nasceu em Cordoba-Espanha em 10/08/1885, que assinava MANOEL MASSUELA ESCANIA, filho de MANOEL MASSUELA QUINTANA e ANTONIA ESCANIA ROZAR. Segundo informações dos mais velhos da familia ele casou-se durante a viagem ao Brasil, com FRANCISCA ORCA LECHADO, veja se tem como nos auxiliar para localizar eventuais parentes ai em Cordoba, ou mesmo se tem como consultor um Cartório de Registro Civil, pois segundo informações ele tinha mais irmãos que ficaram na cidade.
    Grato
    Adilson Pedro de Oliveira

  4. Estou colhendo dados sobre várias cidades da Espanha pois pretendo passar 30dias visitando as principais cidades da Espanha e tenho obtido excelentes informações através deste site. Fantástico

  5. Olá Samuel, sou brasileira e estarei em Portugal em outubro, a minha dúvida é se dá para ir a Córdoba de trem? Obrigada 🙂

  6. Olá, Sim, de carro dá para fazer esse roteiro em 6 dias embora seja um pouquito apertado. Por exemplo, perto de Madrid era interessante visitar Segovia, Ávila e El Escorial. Bom, há tanto para ver em Espanha… 🙂 Aproveite ao máximo!
    Samuel

  7. Caro Samuel, adorei seu blog, obrigado pelas dicas, sou brasileira indo para Portugal / Espanha e França em junho de 2011, em Portugal tenho familiares que me ajudarão a conhecer o pais, para a Espanha vamos de carro partindo de Lisboa vamos a Salamanca – Madri – Cordoba – Sevilha e retornamos a Lisboa (em um período de 6 dias), você acha este roteiro viável? teria alguma sugestão. desde já muito obrigado.

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!