Centro histórico de Avignon; Património UNESCO em França

1

Localizada nas margens do rio Ródano cerca de 95km a Noroeste de Marselha, Avignon ou Avinhão em português é conhecida como “Cidade dos Papas”.
Avignon
Tudo começou em 1309 quando Clemente V, um papa francês, fugiu para aqui devido a tumultos políticos em Roma. O Terceiro papa de Avinhão, Benedictus XII iniciou a construção de um vasto palácio fortificado em 1335 que viria a ser concluído pelo seu sucessor Clemente VI alguns anos depois.

O palácio viria a ser profanado durante a revolução francesa e os seus tesouros saqueados mas a dimensão das salas, os frescos pintados nas paredes e os azulejos demonstram o quanto luxuosa era a vida ali.

Junto ao palácio encontra-se a catedral de Notre Dame des Domes um edifício românico parcialmente reconstruído no século XV. Um pouco mais ao lado encontra-se o pequeno palácio, onde o papa e a sua corte viviam antes da construção do grande palácio. Este alberga hoje uma excelente colecção de arte renascentista italiana onde se destaca a obra prima de Botticelli “A Virgem e o Menino”.

Através das muralhas junto ao rio pode-se chegar ao que resta da ponte de St Bézénet, construída no século XIV mas que viria a colapsar em parte no século XVI.

Fotografias do Palácio dos Papas e Conjunto Episcopal

Outras fotografias de Avignon

Onde Dormir

Descubra o hotel que melhor se adapta a si. Algumas sugestões de bons hotéis em Avignon aos melhores preços, todos eles bem no centro da cidade para estar perto de tudo e poder explorar à vontade. Veja nestas páginas alguns exemplos, preços e fotografias de hotéis em Avignon.

Mapa de Avignon

A minha visita a Avignon

Avignon

Gosto da cidade, assim que chego. Só é pena não estar um bocadinho mais fresco. Depois de deambular um pouco pelas ruas, lá chego ao Palácio dos Papas. A entrada, mesmo para estudantes custa 8,5€ e não 3 como eu pensava.

Começo a fazer contas à vida, pois quando saí de Ardèche já só tinha 150€. Ainda assim visito. É património UNESCO, mas mais uma vez fico desiludido com ele. Até os 3€ seria pedir muito para visitar um castelo de salas vazias. É que nem uns vitrais coloridos nas janelas das capelas há. Até a igreja que fica ao lado está melhor decorada e é gratuita.

Palácio dos Papas em Avignon, França

A temperatura convida a um banho, mas o rio parece demasiado poluído para isso. Passo a ponte até meio, onde fica a ilha , um dos melhores locais para observar a cidade e deito-me na relva para comer, dormir a sesta e actualizar o diário. É aí que tenho a grande alegria do dia. Nesta viagem decidi trazer o dinheiro todo comigo, e por isso dividido por vários locais. Acontece que quando o contei a ultima vez esqueci-me que também estava algum no diário!  Agora já com as contas a bater certo adormeço para a sesta.

Avignon

Fico por lá um bom bocado antes de ir de novo para a cidade até à Internet. Às 5:30 estou junto à estação de comboio onde combinei de me encontrar com a couchsurfer que me vai receber e que vive nos arredores da cidade. Do 8º andar do seu apartamento avistam-se as nuvens do fim do dia que se aproximam e trazem uns tão desejados pingos de chuva para refrescar. Hoje acho-lhe muita piada. Afinal tenho um tecto por cima de mim.

Clique aqui para ver os outros dias desta viagem

1 COMENTÁRIO

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!