Bilhete Histórias do Centro: descobrir a região de Leiria

2

O bilhete Histórias do Centro é um bilhete conjunto que permite visitar sete locais no distrito de Leiria por um preço mais baixo do que se comprasse os bilhetes individualmente.

Decidi comprar este bilhete porque, embora vivendo na região, só conhecia dois dos locais: os castelos de Porto de Mós e de Leiria e tinha grande curiosidade em visitar os estantes.

O Histórias do Centro pode ser comprado em qualquer um dos locais, tem validade de um ano e custa 12€.

Pode obter mais informações no site oficial do projecto: http://www.historiasdocentro.pt/

Bilhete Histórias do Centro
Bilhete Histórias do Centro

Este bilhete acaba por representar uma grande economia face aos preços praticados individualmente e, como são muitos locais para visitar, dá a flexibilidade de visitar em várias viagens que faça à região.

Não deixe igualmente de visitar os três locais património da humanidade que ficam a caminho: o Mosteiro da Batalha, o Mosteiro de Alcobaça e o Convento de Cristo em Tomar.

Castelo de Porto de Mós

Com os seus torreões coroados de verde, este é um dos mais singulares castelos portugueses. Conquistado aos mouros por Dom Afonso Henriques, teve por Alcaide Dom Fuas Roupinho, o protagonista da lenda de Nossa Senhora da Nazaré.

Foi a ultima paragem das tropas portuguesas antes da batalha de Aljubarrota em 1385 e ficaria seriamente danificado pelos terramotos de 1755 e 1909. Em meados do século XX foi reconstruído, tomando a forma que lhe conhecemos hoje.

Castelo de Porto de Mós
Castelo de Porto de Mós
Vila de Porto de Mós vista a partir do castelo
Vila de Porto de Mós vista a partir do castelo

Museu Nacional do Vinho

À entrada da cidade de Alcobaça encontramos esta emblemática adega do final do século XIX onde letras garrafais anunciam o “Museu Nacional do Vinho”. Desde que me lembro de ali passar que me interrogava acerca daquele edifício, normalmente com portões fechados e ar de abandonado.

Durante anos o museu esteve fechado ou com um horário bastante restrito mas, actualmente está aberto de Terça a Domingo com sete visitas guiadas por dia que terminam com uma prova de vinhos.

O preço do bilhete geral, para quem não tem o Histórias do Centro é de 2,5€.

Fachada do Museu Nacional do Vinho em Alcobaça
Fachada do Museu Nacional do Vinho em Alcobaça

A visita é guiada e inicia-se na adega dos balseiros, os enormes depósitos de madeira. Ficamos a saber que este é o único museu do vinho de âmbito nacional em Portugal, já que reúne objectos de todas as regiões e pretende contar a história do vinho em Portugal.

Sala dos Balseiros no Museu Nacional do Vinho em Alcobaça
Sala dos Balseiros no Museu Nacional do Vinho em Alcobaça

Na adega seguinte, a dos depósitos, encontramos uma das maiores colecções de garrafas e rótulos, do mundo, assim com ferramentas e painéis históricos da Junta Nacional do Vinho que ajudam a perceber a importância que o vinho tinha para a economia nacional.

As paredes dos antigos depósitos, hoje convertidas em salas do museu encontram-se cobertas de sarro criado pelo contacto do vinho com a pedra e decoradas com azulejos com provérbios acerca do vinho.

Azulejo com provérbio no Museu Nacional do Vinho em Alcobaça
Azulejo com provérbio no Museu Nacional do Vinho em Alcobaça
Garrafas e jarros para vinho no Museu do Vinho em Alcobaça
Garrafas e jarros para vinho no Museu do Vinho em Alcobaça

A visita termina com uma paragem na típica taberna onde os visitantes podem provar alguns dos vinhos da região e claro, comprar umas garrafas para levar para casa.

Museu Raul da Bernarda

Este museu também em Alcobaça apresenta a história do fabrico de porcelana na cidade. É um pequeno museu, de entrada gratuita, mas que se associou a esta iniciativa para captar mais alguns visitantes.

Fica junto à antiga fábrica Raul da Bernarda, próximo da estrada que segue para a Nazaré. O mais interessante do museu acabam por ser os fatos do rancho folclórico que era apoiado pela empresa, pintados com motivos semelhantes aos da loiças produzidas pelos funcionários.

Fatos coloridos no museu Raul da Bernarda, Alcobaça
Fatos coloridos no museu Raul da Bernarda, Alcobaça
Museu de cerâmica Raul da Bernarda em Alcobaça
Museu de cerâmica Raul da Bernarda em Alcobaça

Parque dos Monges

O Parque dos Monges é o lugar de eleição para iniciar estas visitas com a pequenada. Este parque temático próximo de Alcobaça é inspirado na vida dos monges da ordem de Cister que habitavam o mosteiro e possuíam todas as terras em redor.

Em redor de um grande lago onde pode praticar canoagem, há também a possibilidade de experimentar vários desportos radicais e estar de perto com alguns animais do campo.

Um espaço museológico apresenta alguns dos objectos usados pelos monges no quotidiano e a visita termina com a possibilidade dos mais novos participarem na confecção de doces conventuais.

Para miúdos e graúdos há todas as tarde um pequeno teatro com um tema da história de Portugal, onde as crianças são convidadas a subir ao palco e fazer parte da peça.

Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota

No local do antigo museu militar e campo da batalha de Aljubarrota, nasceu em 2002 este centro de interpretação que é uma autêntica aula de história de Portugal para quem o visita. Foi neste local que em 1385 se consolidou a independência de Portugal quando as suas tropas, lideradas por Dom Nuno Alvares Pereira, apoiado por tropas inglesas, derrotou definitivamente o exército de Castela.

O espectáculo multimédia que é apresentado na visita é inesquecível, acredite! Cá fora, há várias máquinas de guerra medievais e vestígios da batalha, assim como a pequena capela que celebra a vitória.

O preço normal é de 7€ e está aberto todos os dias excepto à Segunda, das 10h00 às 17h30. Mais informações no site da Fundação Batalha de Aljubarrota.

Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota
Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota
Mural em pedra com a representação da batalha de Aljubarrota
Mural em pedra com a representação da batalha de Aljubarrota
Máquinas de guerra nos jardins do CIBA
Máquinas de guerra nos jardins do CIBA

Museu da Comunidade Concelhia da Batalha

“O museu de todos.” É assim que se apresenta este museu na histórica vila da Batalha. Desde a sua inauguração em 2011 o museu foi distinguido com vários galardões nacionais e internacionais e é bem notória a preocupação que houve e dota-lo de acessibilidades para pessoas portadores de vários tipos de deficiências.

Porque a Batalha não e só mosteiro, o MCCB pretende expor a história do concelho, desde a pré-história, passando pela presença romana até aos tempos mais recentes. Se não tem o Histórias do Centro, o preço normal da entrada é de 2,5€, e está aberto de Quarta-feira a Domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

MCCB -Museu da Comunidade Concelhia da Batalha
MCCB -Museu da Comunidade Concelhia da Batalha

Castelo de Leiria

O castelo de Leiria é o segundo castelo que pode visitar com o bilhete Histórias do Centro. O castelo, como o conhecemos hoje, resulta da reconstrução idealizada pelo arquitecto Ernesto Korrodi no início do século XX.

Tal como o de Porto de Mós, também este castelo esteve inicialmente ligado à reconquista cristã por Dom Afonso Henriques, sendo séculos mais tarde adaptado a palácio por Dom Dinis, monarca intimamente ligado à cidade.

Para além do Histórias do Centro há outros bilhetes conjuntos que permitem visitar outros museus da cidade de Leiria.

Castelo de Leiria visto da cidade
Castelo de Leiria visto da cidade
Vistas da cidade de Leiria a partir do castelo
Vistas da cidade de Leiria a partir do castelo

Seria certamente bom viver numa casa com esta varanda! Fabulosas as vistas sobre a cidade de Leiria a partir do seu castelo.

Castelo de Leiria
Castelo de Leiria

Aproveito para partilhar aqui um texto que escrevi para o site Alma de Viajante com algumas dicas sobre os locais que levaria um amigo a conhecer em Leiria.

Onde dormir

Bom, a dormida para mim aqui não é problema já que posso vir dormir a casa. Para quem vem de longe e como precisa de pelo menos 2 dias para visitar estes locais, recomendaria o Hotel Villa Batalha, na Batalha ou o Real Abadia em Alcobaça.

Boa viagem!

Mapa dos locais incluídos no bilhete Histórias do Centro

Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

2 COMENTÁRIOS

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.