Albergue de Peregrinos de Rubiães, caminho Português de Santiago;

2

Localização e funcionamento do Albergue:

Albergue de Peregrinos de Rubiães; Caminho Português de Santiago; Maio 2009Rubiães foi um dos locais mais acolhedores que encontrei neste caminho de Santiago. É uma aldeia autenticamente portuguesa, daquelas que já não há no resto do país. Não por ter casas de xisto ou paredes caiadas de branco, mas pelas pessoas. O albergue fica à entrada da povoação no edifício da antiga escola primária, completamente restaurado. Possui dois dormitórios com bastantes camas, sala de convívio, casas de banho e cozinha, tudo com cheiro a novo pois as obras são recentes. O responsável é o presidente da junta que passa depois da hora de jantar para ver se está tudo bem, e tem todo o gosto em conversar um pouco com os peregrinos. O carimbo, assim como o livro de registo das passagens está no hall de entrada à disposição de cada um.

Onde comer/fazer compras:

Descendo a rua chega-se a um café/restaurante que serve refeições. O ambiente é o mais autenticamente português, especialmente se for ao Domingo à noite como foi o meu caso: homens a jogar cartas e a beber vinho, às vezes já um pouco “alegres” e até exaltados! A senhora do restaurante farta-se de pedir desculpas aos coitados dos peregrinos, normalmente estrangeiros com medo que fujam com medo. Eu gostei! O preço dos pratos ronda os 7,5€, o que eu achei muito para o local (o preço normal duma refeição num restaurante destes de aldeia ronda o 5€ com bebida). Pedi portanto para me fazer o preço Português, e acabou por ficar por 6,5€, bem acompanhado com uma garrafa de bom vinho verde local. Isto em 2009…
Mais à frente há um café/minimercado que está aberto bem cedo onde pode fazer tomar o café da manhã e fazer umas compras de alguma comida para o caminho.

Mapa:


Ver Caminho portugues santiago num mapa maior

Fotos do Albergue:



Uma rota de peregrinação milenar, uma experiência de vida única aqui tão perto de nós. Saiba aqui tudo o que precisa para fazer o caminho português de Santiago partindo do Porto. Guia Caminho de Santiago

2 COMENTÁRIOS

  1. Acabo de ver o comentário do Mário Santos e gostei de saber que o albergue é magnífico. Porém, o responsável deve ser uma pessoa muito dura e com pouco jeito para estar à frente do albergue. Quem responde dessa forma revela bem toda a insensibilidade .Brevemente irei fazer o “caminho” na companhia de dois amigos e espero não sofrer nenhum acidente para não incomodar o dito cujo. Um abraço.

  2. Fiz o Caminho desde o Porto.A noite de 16-07-2011 passei neste magnifico Albergue.Aqui im grupo de peregrinos Polacos liderados por 2 jovens sacerdotes, que celebraram no jardim a Eucaristia, emprestaram com a sua Fé um toque religioso e mitico a esta Peregrinação.Houve apenas e aqui um senão.Dei uma queda na escadaria de acesso ao dormitório.Tinha saído do duche e como ía de chinelos molhados não tive o cuidado devido e caí.
    Prontamente outros peregrinos me socorreram e ligaram o calcanhar que sangrava. Ao responsável das instalações educadamente sugeri que para evitar futuras quedas deveriam nas paredes da escada colocar corrimões.Foi-me dito que se não me sentisse bem que procurasse hotel e que com Portugueses e Brasileiros era sempre a mesma coisa ( reclamações).Que estava para ver no dia seguinte o dinheiro que encontraria na caixa dos donativos.Pedi-lhe desculpa não por ser Português mas por lhe estar a dar a minha atenção. Eu era
    o único Nacional nesse dia.No dia seguinte continuei, apesar de ferido no pé, a minha viagem para abraçar S.Tiago e agradeço-lhe a benção que me concedeu de conhecer e fazer amizade com pessoas de vários países.As pessoas são o melhor do caminho só somos capazes de avaliar isso quando nos cruzamos ciom uma ovelha ranhosa.Bom Caminho a todos que o fizerem…

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.