Albergue de Peregrinos de Briallos-Portas, no Caminho Portugues de Santiago

9

Localização e funcionamento do Albergue:

O albergue de peregrinos de Briallos – Portas fica a cerca de 5km da cidade termal de Caldas de Reis em Espanha. Como na cidade não há albergue, são muitos os perregrinos que optam por ficar num hotel. Se for o seu caso, veja aqui hotéis em Caldas de Reis.

O albergue é pequeno: tem apenas 27 camas, distribuídas por dois quarto, um para homens outro para mulheres e mais um pequeno no rés do chão para deficientes.  Por isso em épocas de grande afluência é conveniente chegar cedo para garantir lugar. Acontece que muitas vezes os peregrinos pernoitam em hotéis/pensões em Caldas de Reis para aproveitar um dia nas termas, o que folga um pouco este albergue.

O funcionamento é semelhante aos outros. Pelas 7 vem a alberguista que carimba as credenciais e recebe os 3€ de pagamento.

Onde comer/fazer compras:

Perto do albergue, do outro lado da N550 há um mini-mercado que tens os produtos de primeira necessidade (enlatados, frutas, pão, bebidas).

Se estiver fechado, pode tocar à campainha que se encontra ao lado da porta que a senhora virá atenciosamente atende-lo. Os viciados em tabaco e café, terão de caminhar um pouco mais até às bombas da Galp, onde segundo um papel afixado no albergue também servem refeições.

Mapa:


Ver CAMINHO DE SANTIAGO num mapa maior

Fotos do Albergue:


Uma rota de peregrinação milenar, uma experiência de vida única aqui tão perto de nós. Saiba aqui tudo o que precisa para fazer o caminho português de Santiago partindo do Porto. Guia Caminho de Santiago

9 COMENTÁRIOS

  1. O que escrevi no facebook…

    Boa noite. Estiven neste albergue o día 5 deste mes e quería sen ofender facer unha critica que talvez sirva para que non aconteza de novo. Chega termos ao redor das 17 horas da tarde, a chover, e recibiu nos a persoa que estaba na recepción, que nos informou de que xa estaba cheo pero que podía termos estar no chan do vestíbulo de entrada con colchóns, ao cal aceptamos . Despois encontramos que …o Albergue estaba totalmente ocupado con un grupo de peregrinos vindos de Portugal, pero con coche de apoio, o cal, e aínda por riba, o coche estaba á entrada do albergue.Bem visible. E está mencionado no regulamento, e aínda por riba colocado na parede da recepción que estes non poden ocupar o Albergue. Ou ben só poderán facer despois das 19h se hai praza. Pediu-nos 5 euros a cada un de nós que eramos un grupo de 4 persoas, e pasado un tempo comproba que o noso nome non constaba no libro de rexistro de entrada, nin nos pasou recibo. Como a persoa da recepción se ausentado pensei por ben poñer o nome de cada un no libro cos seus bi e retiramos os recibos de pago que estaba enriba da mesa. Pensamos que se esquecera de poñer o nome e de dar os recibos. Non obstante a persoa volveu e quedou indignado por termos posto os nomes no libro. Entón resgou a folla e escribiu noutra folla os mesmos nomes do grupo que alí estaba e volveu non por os nosos nomes. Entón aí comproba que había algo incorrecto. Había persoas de máis no Albergue e recibiu nos cartos que non o podería facer e sen pasar recibo. Pasados uns minutos chega outro grupo de peregrinos e tamén lles dixo que non había lugar no albergue. Entón estes peregrinos, Españois, alomenos, que había “amizades” para o grupo ea persoa que estaba na recepción, chamou á protección civil que aí por pouco tempo chegaron ao lugar e verificaron o que estaba mal. Entón tiveron que saír das camas as persoas do dito grupo para lles dar lugar ea estes non pediu diñeiro. Debido a esta confusión aínda deron unha cama a un de nós. Despois preto das 21 horas houbo festa de cea con bebidas alcohólicas. Debo lembrar que nos camiños hai persoas con muchilas as costas a pesar máis ou menos 10kg e sabe ben atopar un sitio para descansar e descansar. Con coche de apoio se quixeren ata nin é necesario traer muchila.É moito máis fácil. Xa non pretendo dicir máis, pero só lamentar este sucedido nos Camiños de Santiago, o cal non é este o principio dos camiños. Dixeron que o día seguinte irían estar no Albergue de Teo. Lamento moito que dicir acontecese e que deberán facer algo para que non aconteza de novo.
    En canto ao Albergue está nun lugar onde non hai barulhos e moi bo e agradable para descansar. Ben haxan aos voluntarios que levaron este proxecto para adiante.
    Grazas

  2. Há dias adicionaram-me no facebook e fiz uma critica aos vossos serviços da minha entrada no dia 5 deste mes. Fiaquei espantado ou admirado porque voces apagaram-me sem mes dar resposta. Sendo assim vou comentar o sucedido para os vários locais como Xacobeo, Protecção civil, e outros. Deveriam reconhecer o erro. Lembro que levávamos-mos um peregrino doente e não foram correctos e não é o espírito dos caminhos de Santiago. De lembrar já que é assim a noite nos Albergues não são para uma festa e ainda por cima deveria ser sem alcool e sem alcoolização pessoal. Não é admissivel.

  3. Olá! Antes de mais queria-te agradecer e dar os parabéns pelo site, é muito útil. Eu vinha em busca de informação sobre os albergues e encontrei quase tudo o que precisava. Aproveito também para te avisar que a hiperligação do albergue de Padron não deve estar bem pois remete-nos para as informações sobre o albergue de Briallos.
    Mais uma vez obrigado 🙂

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.