28 lugares a não perder na ilha da Madeira

8

Ilha da Madeira - 28 lugares a não perder

A Ilha da Madeira é um destino que certamente agradará a todos o tipo de visitantes, desde os que procuram luxo ou descanso nos seus hotéis e praias , até aos que buscam a aventura nas levadas e veredas que percorrem os cantos mais inóspitos da ilha.

Conheça a minha selecção dos principais locais a visitar na ilha da Madeira e deixe a sua opinião no final!

1. Ponta de São Lourenço

ponta sao lourenco
Ponta de São Lourenço na Ilha da Madeira

O extremo Este da ilha é dominado pela paisagem agreste da ponta de São Lourenço onde a aridez do clima não permite o crescimento de árvores. A península, de encostas escarpadas, é reserva natural e local de excelência para caminhar e observar várias espécies plantas rasteiras e animais que por aqui habitam.

2. Piscinas naturais de Porto Moniz

picinas de porto moniz
Piscinas naturais de Porto Moniz, Ilha da Madeira

Aproveitando as características naturais das rochas desta zona do extremo Noroeste da ilha, foram construídas estas piscinas “naturais” que permitem ao visitante um banho em segurança mesmo junto ao rebentar das ondas. O local ideal para passar uma tarde na sua viagem à ilha da Madeira.

Conheça aqui melhor as piscinas naturais de Porto Moniz

3. Catedral do Funchal

Catedral do Funchal Madeira
Catedral do Funchal, Ilha da Madeira

A catedral do Funchal é um dos mais antigos edifícios da ilha, datando dos finais do século XV. Foi mandada construir por D. Manuel I, e contem alguns traços do estilo manuelino adaptados à realidade da ilha.

4. Trilho do Pico Ruivo ao Pico do Areeiro

pico ruivo ao areeiro nevoeiro
Caminhante na vereda do Pico Ruivo ao Pico do Areeiro

O Pico Ruivo e o Pico do Areeiro são os dois pontos mais altos da ilha da Madeira, com 1862 e 1818 metros de altitude, respectivamente. A uni-los há um trilho pedonal que fará as delicias de qualquer amante das caminhadas. Os sete quilómetros de caminhada envolvem túneis, escadas a subir e descer para vencer troços de declive acentuado, ladeados de precipícios por vezes assustadores. O frequente nevoeiro pode estragar as vistas, mas oferece uma caminhada ainda mais mística.

Prepare a sua caminhada do Pico Ruivo ao Pico do Areeiro

5. Levada das 25 Fontes

Levada das 25 Fontes, Ilha da Madeira
Levada das 25 Fontes, Ilha da Madeira

Numa viagem à Madeira é incontornável não percorrer uma levada. As levadas são geniais obras de engenharia que permitem desde há anos o transporte de água na ilha. Os estreitos trilhos que as ladeiam percorrem zonas impossíveis de alcançar de outra forma, passando por escuros túneis e encostas escarpadas. A levada das 25 fontes é acessível à maioria das pessoas e percorre uma paisagem maravilhosa até à cascata das 25 fontes, que lhe dá o nome.

Conheça aqui a aventura que me levou a descobrir estes e outros trilhos na ilha da Madeira

6. Mercado dos Lavradores

mercado lavradores funchal
Mercado dos Lavradores no Funchal

O mercado dos lavradores é o local do Funchal onde vai querer voltar várias vezes. Aqui pode encontrar tudo o que de melhor a ilha tem para oferecer, seja o peixe, o vinho da Madeira, os frutos como a deliciosa banana ou, as flores para colorirem o seu dia.

Faça as suas compras no mercado dos lavradores, na cidade do Funchal

7. Ribeira da Janela

Ilhéu na Ribeira da Janela, Ilha da Madeira
Ilhéu na Ribeira da Janela, Ilha da Madeira

No concelho de Porto Moniz, a Ribeira da Janela é uma pequena aldeia onde se situa o único parque de campismo na ilha da Madeira. Na frente do mar ficam dois ilhéus rochosos que marcam o final do vale que se inicia no Rabaçal. Existe neste lugar uma central hidroeléctrica que produz electricidade a partir de água captada e conduzida até aqui pelas levadas.

8. Estrada Regional 101

Troço da estrada regional ER 101 na ilha da Madeira
Troço da estrada regional ER 101 na ilha da Madeira

Com alguns troços agora fechados por razões de segurança, a estreita e vertiginosa estrada regional 101 leva-nos a descobrir os recantos da costa norte da ilha.

9. Machico

machico
Praia em Machico, Ilha da Madeira

Foi em Machico que desembarcaram os descobridores da ilha da Madeira João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira. A sua baía, outrora protegida por um pequeno forte, é hoje um bom local para fazer praia e petiscar num dos vários restaurantes existentes.

10. Prainha

prainha madeira
Prainha, junto à ponta de São Lourenço, Madeira

À chegada à ponta de São Lourenço, a Prainha é uma das melhores escolhas para quem pretende fazer praia na ilha da Madeira. Águas calmas, areia escura e fina e muito sol, são a combinação ideal para uma tarde de férias.

11. Paúl da Serra

paul da serra ilha madeira
Grandes rectas no Paúl da Serra, Ilha da Madeira

O Paúl da Serra contrasta com as encostas de grande declive que predominam na ilha. Aqui, estas dão lugar a um planalto que se estende por vários quilómetros, com rectas até ao horizonte, turbinas eólicas e vegetação rasteira. Ponto de passagem obrigatório entre a Encumeada e o Rabaçal.

12. Santana

casas tipicas santana ilha madeira
Casas típicas da ilha da Madeira em Santana

Santana é o lar da famosas casas típicas da ilha da Madeira, com os seus telhados de colmo e pintadas de cores vivas. Outrora técnica de construção corrente nesta zona da ilha, encontram-se ainda algumas casas com estes telhados de colmo. As mais fotografadas encontram-se no centro da vila rodeadas de belos jardins como só a Madeira pode oferecer.

Entre nas casas típicas de Santana

13. Jardim Botânico da Madeira

Jardim botânico do Funchal Madeira
Jardim botânico do Funchal

Os famosos mosaicos de flores e arbustos são a imagem de marca do lindíssimo Jardim Botânico da Madeira. Localizado numa zona alta da cidade do Funchal, para além das excelentes vistas sobre a cidade, este jardim oferece ainda mais de 2500 plantas indígenas e endémicas, assim como muitas aves exóticas entre outros animais.

Deslumbre-se com o jardim botânico da Madeira, no Funchal

14. Forte de São Tiago

Forte de São Tiago, Funchal
Forte de São Tiago, Funchal

O forte de São Tiago fez desde o século XVII a defesa do porto de Funchal. Localizado na extremidade nascente do centro histórico da cidade, alberga hoje dentro das suas paredes amarelas, um museu de arte contemporânea e um restaurante.

15. Cabo Girão

cabo Girão Madeira
Vista vertiginosa do topo do Cabo Girão, Ilha da Madeira

O cabo Girão é um dos promontórios mais altos da Europa, com 589 metros de altura, quase verticais, até ao oceano. Recentemente foi aí construído um miradouro de vidro que permite uma experiência ainda mais vertiginosa sobre o precipício. Com bom tempo as vistas para a cidade do Funchal valem a visita.

Saiba mais sobre o Cabo Girão

16. Câmara de Lobos

Baía de Câmara de Lobos, Ilha da Madeira
Baía de Câmara de Lobos, Ilha da Madeira

Câmara de Lobos é uma pequena vila piscatória a poucos quilómetros do Funchal, local de eleição para beber uma Poncha, bebida tradicional da ilha, que mistura sumo de limão ou laranja, aguardente de cana de açúcar e mel.

17. Véu da Noiva

Véu da noiva, sobre a ER101, Ilha da Madeira
Véu da noiva, sobre a ER101, Ilha da Madeira

O Véu da Noiva é uma das mais peculiares cascatas da encosta norte da ilha da Madeira. A água jorra directamente para o mar sobre um troço da estrada regional 101, hoje fechado ao trânsito pelo risco de derrocadas.

18. Miradouro de Cabanas – São Jorge

Vista da costa norte da Ilha da Madeira, do miradouro de Cabanas
Vista da costa norte da Ilha da Madeira, do miradouro de Cabanas

A costa norte da ilha da Madeira é mais verde, rural e escarpada do que a encosta sul. Os vários miradouros existente proporcionam vistas deslumbrantes ao visitante, como é o caso do miradouro de Cabanas, acima do Arco de São Jorge, aldeia que se vê na fotografia.

19. Formações rochosas do Faial

Formações rochosas na praia do Faial, Madeira
Formações rochosas na praia do Faial, Madeira

A praia do Faial, próximo de Santana, é não só um bom local para fazer praia mas também para observar as interessantes formações rochosas de colunas de basalto que se erguem junto ao mar. Um importante registo da história geológica da ilha e do seu passado vulcânico da ilha.

20. Igreja do Colégio

Altar da igreja do Colégio Jesuíta do Funchal
Altar da igreja do Colégio Jesuíta do Funchal

A igreja do colégio dos Jesuítas na cidade do Funchal é por certo a mais bela de toda a ilha. Ricamente decorada com altares em talha dourada, é parte do colégio Jesuíta aqui fundado no século XVI por ordem de D. Sebastião.

21. Ribeira Brava

Mar na vila da Ribeira Brava, Ilha da Madeira
Mar na vila da Ribeira Brava, Ilha da Madeira

Como o próprio nome sugere, a Ribeira Brava é frequentemente notícia pelas piores razões: este vila fica situada junto ao mar na foz de uma ribeira que desce pelas encostas escarpadas do interior montanhoso da ilha. Para além de um pequeno forte e de um museu etnográfico, não deixe de ver os trabalhos em vime que os artesãos da terra elaboram.

22. Taberna da Poncha, Serra de Água

Paredes com cartões de visita na Taberna da Poncha
Paredes com cartões de visita na Taberna da Poncha

O que não falta por toda a ilha são tabernas que sirvam a tradicional poncha, preparada com aguardente de cana de açúcar, sumo de laranja ou limão e mel e, normalmente acompanhada com uns amendoins. Prefira a que é preparada na hora e com os ingredientes mais tradicionais. Tenho a dizer que a melhor que provei foi em Machico, num tasco junto à marginal preparada com mel caseiro.

Um dos locais mais carismáticos é que a bebi foi no entanto taberna da Poncha na Serra de Água. Fica na estrada que sobe da Ribeira Brava para a Encomeada e para além das cascas de amendoim pelo chão, é decorada com cartões de visita que forram as suas paredes. Tenha em atenção no entanto que, se beber, não conduza. A estrada é perigosa!

23. Forte do Pico – Funchal

Forte do Pico, Funchal
Forte do Pico, Funchal

Da fortaleza de São João Baptista do Pico podemos desfrutar de uma das melhores vistas sobre a cidade do Funchal. Construída no século XVII para defesa da cidade, foi o século XX adaptada a centro de comunicações da marinha.

24. Vereda do Pico do Areeiro à Encomeada

Vista fenomenal na vereda do Pico do Areeiro à Encomeada
Vista fenomenal na vereda do Pico do Areeiro à Encomeada

Talvez o melhor local para apreciar a floresta Laurissilva da ilha da Madeira, único local natural classificado como Património da Humanidade em Portugal, este percurso pedonal une o Pico do Areiro, um dos pontos mais altos da ilha, à Encomeda, zona de passagem entra a costa Norte e Sul da ilha.

O percurso tem aproximadamente 11 quilómetros e demora cerca de 6 horas a percorrer já que o terreno é um pouco duro.

25. Levada do Caldeirão Verde

Cascata na levada do Caldeirão Verde Hommad
Cascata na levada do Caldeirão Verde (foto de Hommad)

Este é um dos poucos lugares que decidi incluir nesta lista mesmo sem o ter visitado. As maravilhas que tenho ouvido acerca deste local não me deixam dúvidas que numa próxima viagem estará certamente incluído no roteiro.

Veja este vídeo dos autores da foto na sua aventura na ilha da Madeira.

26. Curral das Freiras

Esta é a minha grande falha nas visitas que fiz à ilha da Madeira. Por nenhuma das vezes fui à tão falada pequena vila que fica bem no coração da ilha, rodeada de altas montanhas. Ficará para uma próxima. Se já lá foi, deixe um comentário! A foto é do meu amigo Pedro, autor do blog Espirito Viajante. Veja aqui os seus locais favoritos na ilha da Madeira.

Curral das Freiras na ilha da Madeira
Curral das Freiras na ilha da Madeira

27. Jardim Tropical Monte Palace

Jardim Tropical Monte Palace no Funchal
Jardim Tropical Monte Palace no Funchal – fotografia do blog Viajar Só?

Localizado numa das zonas mais altas da cidade do Funchal, o jardim Monte Palace transporta-nos para o extremo oriente, com plantas e decoração tipicamente orientais.

Nesta página do blog “Viajar Só?” da Marta Faustino pode saber mais sobre o jardim tropical Monte Palace

28. Hotéis na ilha da Madeira

A ilha da Madeira está repleta de boas ofertas hoteleiras, que se concentra sobretudo na cidade do Funchal. Descubra aqui os melhores hoteis na ilha da Madeira

Alugar carro na Madeira

Se da primeira vez que fui à ilha andei só de transportes públicos e a pé, da seguinte aluguei carro. Como os transportes não são muito frequentes, para explorar os recantos da ilha com alguma flexibilidade o melhor é alugar carro. Eu das últimas vezes que precisei de alugar carro nas minhas viagens fi-lo no site rentalcars e consegui melhores condições que alugando directamente nos operadores. Veja aqui: Alugar carro na Madeira

Tenha em atenção que o relevo da Madeira é muito acentuado e poderá ser bom ter um carro com alguma potência para vencer as subidas. Nós alugámos um pequeno Ford Fiesta, que se via à rasca para levar 5 pessoas serra acima.

O nosso carro alugado na Madeira
O nosso carro alugado na Madeira

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Guardar

Olá! Eu sou o Samuel, autor do artigo que acabou de ler. Como você, também gosto de viajar e descobrir povos e lugares. Partilho neste blog as experiências vividas nos vários países por onde já andei. Pode saber mais sobre mim na página Sobre o autor. Espero que tenha gostado e, se tiver alguma coisa a acrescentar, deixe um comentário abaixo.

8 COMENTÁRIOS

Ficou com dúvidas? Quer acrescentar alguma coisa? Deixe um comentário!